Atendimento Geral: contato@coopeder.org.br | Fone 31 3526 9400 - Fax 3526 9409

Seguro de Vida

SEGURO DE VIDA EM GRUPO

                                     A COOPEDER – Cooperativa de Consumo dos Servidores do DER/MG, preocupada em manter a tranqüilidade do servidor e de sua família, mantém como estipulante, há mais de dez anos, um Seguro de Vida em Grupo, do qual, todos os servidores do DER MG podem participar, mediante pagamento mensal através de desconto em folha de seu pagamento. A partir de setembro/2015 firmamos uma nova parceria com a AXA Seguros.

 OBJETIVO

                                    Este seguro visa garantir ao segurado e aos beneficiários do titular um recurso em caso de falecimento ou invalidez permanente do segurado.

 COBERTURAS

 - Morte por Qualquer Causa;

- Morte Acidental – IEA (Indenização Especial por Acidente);

- Invalidez Funcional Permanente Total por Doença – IFPD

- Invalidez Permanente Total ou Parcial por Acidente – IPA (Pagamento integral ou parcial aos servidores com menos de 65 anos e 50% do capital para os que tiverem        acima de 65 anos).

- Inclusão Facultativa de Cônjuge – 50% do Capital de Morte por Qualquer Causa

 NOVAS COBERTURAS

 - Assistência Funeral Familiar, de R$ 3.000,00 (cobertura para titular, cônjuge e filhos e enteados até 21 anos).

- Sorteio Semanal de R$ 15.000,00 pela Loteria Federal do Brasil. Observação: Cada segurado receberá 10 números da sorte de R$ 1.500,00, para ampliar suas chances de contemplação.

- Auxilio alimentação (R$ 150,00 por mês durante 06 meses na falta do titular – pago de uma só vez no momento da indenização).

 COMO FUNCIONA O SEGURO?

                                      Considerando a idade do segurado e a forma de seguro aderida que é opcional (individual ou conjugado, quando incluir o cônjuge), as seguintes taxas incidem sobre o salário do segurado, resultando no valor do desconto em folha de pagamento.

 Faixa Etária Taxas Descontos Máximos Individual Conjugado Individual Conjugado

Até 50 anos 1,913% 2,870% R$ 28,70 R$ 43,07

De 51 a 55 anos 2,125% 3,188% R$ 31,88 R$ 47,81

De 56 a 60 anos 2,693% 4,038% R$ 40,38 R$ 60,59

De 61 a 65 anos 3,259% 4,891% R$ 48,88 R$ 73,35

De 66 a 70 anos 3,827% 5,740% R$ 57,41 R$ 86,10

De 71 a 75 anos 4,430% 6,590% R$ 66,45 R$ 98,85

76 anos 4,960% 7,441% R$ 74,41 R$ 111,61

A partir de 77 anos 5,456% 8,185% R$ 81,85 R$ 122,77

Estas taxas são referentes a um código, de um total de quatro que são disponibilizados para adesão.

Os segurados, ao mudarem de faixa etária, terão suas taxas individuais reenquadradas a partir do mês do seu aniversário.

Cada código equivale a um seguro de vida, podendo o servidor aderir a até quatro seguros. O que totaliza atualmente um capital máximo segurado de R$60.000,00 (+ atualização anual do IPCA)

O capital de um seguro de vida, limitado a R$15.000,00, é equivalente a 10 vezes a remuneração do servidor conferida no seu último contracheque e tendo como base de cálculo a seguinte equação:

REMUNERAÇÃO = Soma das Vantagens Fixas (deduzido o ajuste de aposentadoria, se houver).

O desconto mensal e a indenização são reajustados anualmente.

EXEMPLO:

 Aquele servidor que possuir um seguro conjugado, com a idade de 57 anos, e uma remuneração de R$720,53 (setecentos e vinte reais e cinqüenta e três centavos), deverá multiplicar seu salário por 4,038%, o que resultará em R$29,10 (custo para um código), sendo esta a sua contribuição mensal com o seguro. Com esta participação o segurado garante aos seus beneficiários o recebimento do capital segurado no valor de R$7.205,30 (capital para um código + reajuste IPCA).

Considerando o seguro conjugado, na falta do cônjuge o servidor terá direito a 50% desse capital segurado.

A adesão do seguro independe do estado civil do interessado. Desta forma, pode o segurado casado aderir ao seguro individual, se este lhe for interessante, ficando assim assegurado das condições da alternativa de pagar como individual. Neste caso o valor da contribuição mensal com o seguro será referente a uma taxa de 2,693% sobre a sua remuneração, correspondendo a R$19,40 (custo para um código), porém não terá direito ao recebimento de indenização na falta de seu cônjuge.

É importante ressaltar que só terá direito a cobertura correspondente a 50% do capital na falta do cônjuge aquele que optar pelo seguro conjugado.